Misery ” Louca Obsessão – Stephen King

download

A enfermeira Anne Wilkes é uma personagem que causaria medo em qualquer um. Ela nos é apresentada como uma mulher completamente obcecada e desequilibrada. Amante dos romances escritos por Paul Sheldon, um famoso autor de Best Sellers, Anne é louca por Misery (personagem de um de seus livros),

Anne vai até a cidade para comprar o novo romance de Misery, e retornando para casa depara-se com um acidente. entre as vitimas descobre,  nada mais  que seu autor favorito, Paul Sheldon.
Ela o leva para sua isolada casa e cuida de sua saúde, mas um dia acaba tendo acesso aos originais do próximo livro do escritor e descobre que sua personagem predileta será morta. Esse evento faz com que sua personalidade doentia se revele e Sheldon se veja à mercê das loucuras de sua admiradora. Acompanhando o drama de Paul Sheldon, tive a impressão de ver Stephen King em alguns pontos, retratando a si mesmo.
A maneira como o processo de criação artística é interpretado e mostrado, como um ciclo de vida e morte (fato manifestado na ação de Paul Sheldon em matar a personagem Misery)  é fruto, sem dúvida alguma, de uma mente magnífica dotada com autoridade suficiente para falar acerca disto.
“Então uma boca fechou-se sobre a dele, uma boca inconfundível de mulher, apesar dos lábios duros e secos, e o sopro dessa boca invadiu a sua, descendo pela garganta e inflando seus pulmões, e quando os lábios se afastaram, ele sentiu o cheiro de sua carcereira pela primeira vez.. um fedor nauseante de biscoitos de baunilha, sorvete de chocolate, molho de galinha e doce de pasta de amendoim” . (p. 12 e 13)
 download (1)                             images
A produção cinematográfica entrou em cartaz em 1992, dirigido por Rob Reiner estrelando com Kathy Bates como a personagem Anne e James Cann interpretanto o autor Paul Sheldon. O longa-metragem nos mostra, mesmo que muito brevemente, a necessidade que escritores sentem de romper com suas criações para amadurecerem.

O filme consegue nos surpreender mudando a visão do banal para uma verdadeira experiência de horror! Vemos que nem sempre se faz necessário recorrer à cenas de violência ou utilizar-se de monstros para inserir na mente de todos o sentimento de medo, angústia e apreensão.

“Louca Obsessão” é uma das adaptações de Stephen King que conseguiram cair em mãos talentosas, proporcionando assim,  uma direção de primeira linha.

“Eu não sei se Deus vai ajudar ou atrapalhar, mas sei de uma coisa: se você não der um jeito de ressuscitar Misery de um modo que Annie possa acreditar, ela vai matar você” .(p. 116)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: