Desafio 2017: Clube de Leitura e Escrita C.L.E

Vamos iniciar 2017 com uma mega meta. Uma lista de 12  livros que receberam destaque no seriado Gilmore Girls ao longo dos quinze anos que a série esteve no ar. A lista está bem simplificada pois a série fez mais de 300 citações literárias.

Para participar basta enviar um email para:  clubedolivro@spherageek.com constando seu nome completo e email para contato.

Premiações:   O livro enviado em cada sorteio mensal será aleatório, ou seja, uma surpresa!! O moderador do grupo pode ser muito bonzinho nas escolhas para os prêmios… fique atento!

A cada mês será feito um sorteio de um livro SOMENTE PARA AQUELES QUE ENVIAREM  por email  suas observações de leitura. Mas preste atenção!!! Não vale enviar resenha pronta. Queremos sentir de vocês toda a emoção gerada durante a leitura do livro (lembrando que seu texto deve conter no mínimo 10 linhas).

Programação:    Ler 01 livro por mês da lista abaixo. A sequencia dos títulos foi organizada pelo moderador desta página.

Resultado do Sorteio: Sempre o último dia do mês corrente. O prazo para o envio do livro será de 15 dias. O código de rastreio será enviado por email. Caso o ganhador do mês não retorne o email com os dados para postagem de correios (aguardaremos somente 2 dias) será feito um novo sorteio.

JANEIRO :  1984 – GEORGE ORWELL      

1984Winston, herói de ‘1984’, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Brien, hierarca do Partido, é quem explica a Winston que ‘só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade – só o poder pelo poder, poder puro.’

FEVEREIRO : ADMIRÁVEL MUNDO NOVO – ALDOUS HUXLEY

Admirável Mundo NovoUma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras ‘pai’ e ‘mãe’ produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a uniformidade, e que idolatra Henry Ford.

 

MARÇO: O Caçador de Pipas – Khaled Hosseini

O Caçador de PipasO caçador de pipas é considerado um dos maiores sucessos da literatura mundial dos últimos tempos. Este romance conta a história da amizade de Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.

 

ABRIL:  A SANGUE FRIO – TRUMAN CAPOTE

A Sangue FrioFruto de investigação, feita ao longo de meses, esta obra combina a objetividade factual e os recursos da narrativa de ficção, contando a história da chacina da família Clutter e dos autores do crime, executados em 1965.

MAIO:  PARIS É UMA FESTA – ERNEST HEMINGWAY

Paris É Uma FestaO livro revela um Hemingway diferente. Em Paris, aos 22 anos, ele lê, pela primeira vez, clássicos como Tolstói, Dostoievski e Stendhal. Convive com Gertrude Stein, James Joyce, Ezra Pound, F. Scott Fitzgerald, figuras polêmicas e encantadoras para o jovem autor. A cidade e esses ‘companheiros de viagem’ deram-lhe nova dimensão do humano e maior sensibilidade para alcançar os seus dois objetivos primordiais na vida – ser um bom escritor e viver em absoluta fidelidade consigo próprio. Há, em ‘Paris é uma festa’, momentos de suave melancolia, alternados com outros de cortante, quase selvagem crueldade.

JUNHO : O CORCUNDA DE NOTRE DAME – VICTOR HUGO

O Corcunda de Notre DameA cigana Esmeralda dança em frente à catedral de Notre Dame. Ao redor da jovem e da igreja, circulam outros personagens inesquecíveis – como o cruel arquidiácono Claude Frollo, o capitão Phoebus, a velha reclusa Gudule e, claro, o disforme Quasímodo, o corcunda que cuida dos sinos da catedral. A edição traz o texto integral, notas explicativas e mais de 50 ilustrações originais.

 

 

 

JULHO: Pinóquio – Carlo Collodi

As aventuras de PinóquioApós o sucesso da edição especial e limitada de “As aventuras de Pinóquio”, com quase três mil exemplares vendidos em três meses, a Cosac Naify surpreende novamente os leitores com a famosa história do boneco de madeira, agora numa edição a preço mais acessível, mas igualmente primorosa e completa. Entre as novidades está uma capa inédita, em tom azul, que antecipa um dos pontos altos do livro: o traço refinado do artista Alex Cerveny.

Esqueça as adaptações em livro ou filme, que pasteurizam uma das histórias mais ricas e bem narradas da literatura. A tradução do texto integral de Ivo Barroso mantém o delicioso ritmo de folhetim associado a uma linguagem límpida do original. No posfácio inédito no Brasil de Italo Calvino, ele comenta a importância do livro: não é possível imaginarmos um mundo sem Pinóquio.

Nas ilustrações exclusivas, Alex Cerveny utilizou a técnica cliché verre, do final do século XIX (contemporânea ao livro), na qual se chamusca uma placa de vidro com uma vela e desenha-se rapidamente sobre esta superfície com um objeto pontiagudo. O resultado são imagens oníricas de um Pinóquio nunca antes imaginado.

 

AGOSTO:  A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Zafón (O Cemitério dos livros esquecidos #1)

A Sombra do VentoNuma madrugada de 1945, em Barcelona, Daniel Sempere é levado por seu pai a um misterioso lugar no coração do centro histórico: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Lá, o menino encontra A Sombra do Vento, livro maldito que mudará o rumo de sua vida e o arrastará para um labirinto de aventuras repleto de segredos e intrigas enterrados na alma obscura da cidade, A busca por pistas do desaparecido autor do livro que o fascina transformará Daniel em um homem ao iniciá-lo no mundo do amor, do sexo e da literatura.
Numa narrativa de ritmo eletrizante que mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo, Carlos Ruiz Zafón mantém o leitor em estado de contínuo suspense. Ambientada na Espanha franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, A Sombra do Vento é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros.

 

SETEMBRO:  O ILUMINADO – STEPHEN KING

O IluminadoJack Torrence consegue um emprego de zelador em um velho hotel, e acha que será a solução dos problemas de sua família – não vão mais passar por dificuldades, sua esposa não vai mais sofrer e seu filho, Danny, vai poder ter ar puro para se livrar de estranhas convulsões. Mas as coisas não são tão perfeitas como parecem – existem forças malignas rondando os antigos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança, e, inevitavelmente, um embate entre o bem e o mal terá de ser travado.

 

 

OUTUBRO :  UM CONTO DE DUAS CIDADES – CHARLES DICKENS

Um Conto de Duas CidadesConsiderado um clássico da literatura inglesa do século XIX, Um Conto de Duas Cidades, do romancista inglês Charles Dickens trata ao mesmo tempo da realidade da Inglaterra e da França revolucionária. As duas cidades em questão são Londres e Paris. O conto foi publicado em forma de folhetins durante os anos de 1858 e 1869. Dickens toma como ponto de referência a Revolução Francesa para apontar os problemas sociais e políticos da Inglaterra, pois temia que a história se repetisse em seu país enquanto escrevia o romance. A narrativa tem início em 1775, quando começam a germinar os movimentos que culminariam na Revolução Francesa em 1779. Em meio a grandes injustiças e abusos por parte da nobreza, os camponeses e artesãos conformam-se com as injúrias, sabedores de que o tempo da vingança está próximo.

NOVEMBRO: A Última Grande Lição: o sentido da vida – Mitch Albom

A Última Grande LiçãoCada um de nós teve na juventude uma figura especial que, com paciência, afeto e sabedoria, nos ajudou a escolher caminhos e olhar o mundo por uma perspectiva diferente. Talvez tenha sido um avô, um professor ou um amigo da família ? uma pessoa mais velha que nos compreendeu quando éramos jovens, inquietos e inseguros. Para Mitch Albom, essa pessoa foi Morrie Schwartz, seu professor na universidade. Vinte anos depois, eles se reencontraram quando o velho mestre estava à beira da morte. Com o contato e a afeição restabelecidos, Mitch passou a visitar Morrie todas as terças-feiras, tentando sorver seus últimos ensinamentos.

Durante quatorze encontros, eles trataram de temas fundamentais para a felicidade e a realização humana. Através das ágeis mãos de Mitch e do bondoso coração de Morrie nasceu esta obra, que nos transmite maravilhosas reflexões sobre amor, amizade, medo, perdão e morte. Com mais de 10 milhões de exemplares vendidos no mundo, este livro foi o último desejo de Morrie e sua última grande lição: deixar uma profunda mensagem sobre o sentido da vida. Transmitida com o esmero de um aluno dedicado, esta comovente história real é uma verdadeira dádiva para o mundo.

 

DEZEMBRO : A VIDA SECRETA DAS ABELHAS – SUE MONK KIDD

TA Vida Secreta das Abelhasendo como pano de fundo os anos 1960, ‘A vida secreta das abelhas’ é uma história marcante sobre o poder feminino e o poder do amor. A adolescência de Lily Owens tem sido complicada. Ela não se lembra da morte da mãe, há mais de dez anos, e sua relação com o pai é mais que difícil. Em 1964, quando completa catorze anos, ela decide fugir junto com sua babá Rosaleen. Lily sai a caminho de Tiburon, a cidade que parece esconder alguma resposta sobre a vida de sua mãe. Chegando lá, ela e Rosaleen são acolhidas por três irmãs. Aos poucos, Lily descobre um mundo mágico de abelhas, mel e da Madona Negra. Com a ajuda das irmãs Boatwright – August, May e June -, Lily tenta desvendar sua história. Será que ela conseguirá enfrentar os demônios de seu passado e se tornar uma jovem independente?

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: