Resenha: “Jackaby”, de William Ritter

Livro: Jackaby (#01)
Série: Jackaby
Autor: William Ritter        Editora: Única
Páginas: 256                         Tradução: Alice Klesck

“Eu sou um homem de razão e da ciência. Acredito no que vejo e posso provar, e o que vejo geralmente é difícil para os outros compreenderem. Até onde eu descobri, tenho um dom ímpar. Isso me permite ver a verdade quando os outros só enxergam ilusão. E há muitas ilusões, muitas máscaras e fachadas. Como dizem, o mundo todo é um palco e parece que eu tenho a única poltrona da casa, com vista para os bastidores.” Abigail Rook deixou sua família na Inglaterra para encontrar uma vida mais empolgante além dos limites de seu lar. Entre caminhos e descaminhos, no gelado janeiro de 1892 ela desembarca na cidade de New Fiddleham. Tudo o que precisa é de um emprego de verdade, então, sua busca a leva diretamente para Jackaby, o estranho detetive que afirma ser capaz de identificar o sobrenatural. Contratada como assistente, em seu primeiro dia de trabalho Abigail se vê no meio de um caso emocionante: um serial killer está à solta na cidade. A polícia está convencida de que se trata de um vilão comum, contudo, para Jackaby, o assassino com certeza não é uma criatura humana. Será que Abigail conseguirá acompanhar os passos desse homem tão excêntrico? Ela finalmente encontrou a aventura com a qual tanto sonhara. Prepare-se para desvendar este mistério! Um livro destinado aos fãs de Sherlock Holmes e Doctor Who. Eleito o melhor livro jovem 2014 pela Kirkus Review e um dos 40 melhores YA da estação pela CNN e vencedor do prêmio Pacific Northwest 2015.

“- Monstros são fáceis, senhorita Rook. Eles são monstros. Mas um monstro de terno? Trata-se basicamente de um homem perverso, e um homem perverso é, de longe, muito mais perigoso.”

Jackaby, do autor americano William Ritter, é um dos lançamentos mais recentes da Única Editora.  A personagem Abigail é filha de um escavador aventureiro, então por isso ela tem esse espírito de aventura e independência. Abigail “rouba” o dinheiro que seus  pais juntaram para seus estudos, e sai de casa em busca de um lugar e emprego onde ela possa vivenciar novos horizontes.

Quando chega aos EUA, um anúncio chama a sua atenção: “Precisa-se de assistente para serviços investigativos”. Ela vai até o local e é recebida por Jackaby, o detetive dos fenômenos inexplicados, que vê coisas que as outras pessoas não notam: o sobrenatural. Claro que ele é visto como louco por muitos, mas Abigail é contratada  e juntos precisam descobrir a ligação entre várias mortes sangrentas prenunciadas pelo canto agourento de uma Banshee (mulher fada cujo som de lamúria pode ser ouvido, apenas pelo condenado, quando da aproximação de sua própria morte, segundo Jackaby).

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: